Olá!!! Hoje vamos falar sobre um assunto que amamos: CABELOS!!!

Não só as mulhere, mas os homens também se preocupam (e muito!) com os cabelos… é só andar um pouquinho pelos supermercados, lojas de cosméticos e salões de beleza para ver a variedade de produtos e tratamentos para os fios, afinal, os cabelos são a moldura do rosto!

Mas você sabe do que é feito o cabelo? 

O fio do cabelo é uma estrutura viva, composta por proteínas sendo a principal delas a queratina. Ele é nutrido por meio de vasos sanguíneos que chegam até a  raiz (bulbo) localizado na parte profunda da pele.

Todos os nutrientes que ingerimos e os hormônios que circulam em nosso organismo chegam aos fios de cabelo interferindo em seu crescimento e estrutura.

A parte externa do fio é a cutícula em formato de escamas promovendo a  proteção do fio.

O couro cabeludo e os cabelos são normalmente lubrificados pelo sebo secretado das glândulas sebáceas localizada junto ao bulbo capilar. Essa secreção oleosa protege os cabelos contra a perda de água, dá o brilho característico e determina o tipo de cabelo (seco, normal ou oleoso). Por outro lado facilita que a poeira, fuligem e agentes poluentes se fixem nos fios, assim como os restos celulares resultantes da descamação natural do couro cabeludo.

Dessa forma a limpeza dos cabelos deve ser realizada com o objetivo de retirar o excesso da camada de oleosidade e também as partículas agregadas a ela. Mas essa limpeza deve ser feita de maneira delicada, com agua morna ou fria, com shampoos apropriados à cada tipo de cabelo, evitando a agressão que pode levar à fragilidade e queda.

O MELHOR SHAMPOO

Um shampoo não deve ser utilizado apenas para limpar os cabelos, mas também para garantir a maciez, brilho, flexibilidade, fragrância, tingimentos etc. Por isso, deve ser adaptado individualmente de acordo com o tipo de cabelo: seco, oleoso, tingido, descolorido ou com relaxamento e couro cabeludo: sensível,  com caspa, seborréia ou descamação.

A queratina pode ser destruida com a ação dos raios solares, deixando a parte interna dos fios (aonde estão os pigmentos) exposta e  desprotegida,  como consequência o cabelo desbota (queima), principalmente se tiver passado por processos químicos como permanentes, tinturas ou alisamentos. Por isso shmapoos, cremes para pentear e condicionadores com filtro solar podem beneficiar os fios.

CUIDADOS GERAIS COM OS CABELOS

A temperatura da água  não deve ser muito alta, pois o uso repetido de água quente pode danificar as estrutura dos fios e couro cabeludo

Lavagem: aplicar o shampoo suavemente sem massagear com força, conforme o tipo de cabelo e couro cabeludo. O shampoo deve ser enxaguado totalmente por 3 a 4 minutos após o uso pois se ficar algum resíduo pode levar a irritação do couro cabeludo.

Condicionador: aplicar apenas nos fios evitando ao máximo o contato do condicionador com o couro cabeludo, mesmo que seja um específico para cabelos oleosos.

Freqüência: a freqüência de lavagem dos cabelos deve ser definida pela necessidade de cada um. Pessoas que têm cabelos oleosos e se são particularmente expostas a poeira, fuligem, etc., podem lavá-los diariamente desde que o couro cabeludo fique seco ao longo do dia. É mito que a lavagem frequente aumenta a queda dos fios.

Corte: não adianta cortar os cabelos para “ativar” as raízes, pois o corte não irá atuar nas células da base do folículo piloso, nem afetar o crescimento dos fios. Entretanto, por diminuir o peso dos fios e a tração ao prender os cabelos pode diminuir a queda.

O uso de mascaras hidratantes deve ser feito de maneira regular, 1-2 vezes na semana, para repor os nutrientes e devolver a vitalidade aos fios

Evitar o uso frequente de secador de cabelos em alta temperatura e chapinha, pois a alta temperatura é uma causa comum da fragilidade dos cabelos, pois seu aquecimento provoca a evaporação de água natural dos fios enfraquecendo-os.

Evitar químicas e alisamentos frequentes e com produtos a base de formol, que além de cancerígenos, alteram a estrutura capilar podendo enfraquecer os fios e podem irritar o couro cabeludo.

Fica a dica: sempre consulte o seu dermatologista e frequente salões de beleza com  profissionais qualificados para utilizar os produtos adequados e ter cabelos saudáveis.

Na próxima edição vou falar sobre nutracêuticos: a beleza vinda das pílulas!!!

mari_dermatologistaMariangela Resende San Giacomo

Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Botucatu – UNESP

Residência Médica em Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Estética pela Faculdade    de Medicina de Botucatu –        UNESP

Título de Especialista em Dermatologia pela  Sociedade Brasileira de Dermatologia

Consultório: Rua Quintino Bocaiúva 1026, Vila Seixas, Ribeirão Preto – SP

TEL: (16) 32365554

                                                                              E-mail: mari_ananete@yahoo.com.br