O preenchimento cutâneo é um tratamento utilizado para a correção de sulcos, rugas, olheiras, aumento do volume labial, cicatrizes de acne e perda do contorno facial. É realizado pela  injeção de substâncias sob a área da pele a ser tratada elevando-a e diminuindo a sua profundidade, com consequente melhora do aspecto global da face.

Diferente da aplicação da toxina botulínica (mais conhecida como Botox – marca do produto), ele não modifica a expressao facial, pois o produto se movimenta junto com a pele, não diminui a contração e força muscular como a toxina.

A técnica, desenvolvida por dermatologistas e cirurgiões plásticos, pode ser realizada no consultório, sendo um procedimento rápido, seguro e que, na maioria das vezes, é realizado com a aplicação de creme anestésico no local a ser tratado.

O preenchimento cutâneo é muito utilizado para atenuar o sulco nasogeniano (aquele que se acentua com o sorriso e vai do canto do nariz ao canto da boca) popularmente conhecido como bigode de chinês, mas também para o aumento labialcorreção de cicatrizes de acne e reposição volumétrica em áreas do corpo onde ocorre perda de gordura com o envelhecimento. Para cada região há a indicação de produtos específicos conforme a indicação médica.

Preenchimento cutâneo: temporário ou definitivo

preenchimento-2

Entre as substâncias mais utilizadas para realizar o preenchimento cutâneo estão o ácido hialurônico, a gordura autóloga e o metacrilato.

Temporário:

–  ácido hialurônico (Esthelis, Juvederm, Perfectha, Rennova, Restylane, Surgiderm, Teosyhal…) é considerado um dos produtos mais seguros para a realização do preenchimento cutâneo e, por isso, tem sido o mais utilizado dos preenchedores.

Apesar de ser produzido em laboratório, o ácido hialurônico é um componente natural da derme, segunda camada da pele, não causa alergias e dispensa testes prévios. A duração do preenchimento varia de 6 a 18 meses, sendo necessária nova aplicação após este período.

acido hialuronico

Muito usado para o preenchimento dos sulcos nasogenianos e para aumento dos lábios, o ácido hialurônico também apresenta uma forma mais fluida, para aplicação em rugas finas, como aquelas ao redor dos olhos ou dos lábios (apelidadas de “código de barras”) e para elevar as cicatrizes de acne, e uma forma para aplicação mais profunda e em maior volume, para recuperação dos contornos faciais.

Uma outra opção de uso é o aumento do volume labial, para mulheres que tem lábios muitos finos ou cujos lábios, com o passar dos anos, perderam volume devido ao envelhecimento.

– gordura autóloga Gordura humana, é colhida a partir de seu próprio corpo por meio da lipoaspiração, para extrair gordura antes da injeção. Nem todas as células vivas de gordura sobrevivem quando transplantadas para um novo local com uma taxa bastante elevada de reabsorção. Assim, seu médico irá, provavelmente, sobrecarregar a área a ser tratada. A princípio, pode ficar com aparência anormal, mas, logo, recupera a aparência normal e você desfrutará de um novo visual. A medida que o processo de envelhecimento continua, ou que a pessoa passa por periodos de emagrecimento, haverá reabsorção dessa gordura e será necessario nova aplicação.

Definitivos:

Preenchimentos de PMMA (polimetilmetacrilato) contêm cerca de 20% de minúsculas microesferas de PMMA suspensas em 80% de gel de colágeno purificado. Por não ser reabsorvido pelo organismo, seus resultados são duradouros e é mais utilizado para correção de sulcos profundos e para alteração do contorno corporal. A substância é aplicada mais profundamente e pode ser usada em maior volume. É menos indicado que os preenchedores temporários, pois com o envelhecimento natural esse produto pode ficar aparente na pele ou causar rejeição ao longo dos anos.

Preechedores com estímulo à produção de colágeno

Uma outra linha de preenchedores busca o estímulo à produção de colágeno pelo organismo, que será o responsável pelo preenchimento das rugas. Entre eles estão o ácido polilático (Sculptra) e a hidroxiapatita de cálcio (Radiesse).

A hidroxiapatita de cálcio, o mais denso dentre os preenchimentos faciais, este composto mineral é utilizado para preencher vincos mais profundos, como o sulco nasogeniano, as linhas de marionete e as linhas de expressão. Também é usado para melhorar a plenitude das bochechas e demais contornos faciais. Microesferas de cálcio são suspensas num gel à base de água.

– Ácido poliláctico é um material sintético. Quando injetado, estimula a produção de colágeno do próprio corpo. Esta substância dá bons resultados quando aplicada na metade inferior do rosto para preencher as linhas causadas pelo riso, cicatrizes de acne e preencher sulcos nasolabiais profundos. Esta substância não produz resultados imediatos pois depende da produção do colágeno peo próprio organismo, assim, os resultados aparecem gradualmente ao longo dos meses, melhorando principalmente a flacidez cutânea. Pode ser utilizado para celulite e flacidez corporal.

Dicas para ter sucesso no tratamento:

Prefira preenchimentos absorvíveis ou aqueles que estimulem a produção de colágeno, sendo a indicação feita por um médico capacitado;

Escolha material de laboratórios reconhecidos;

Evite fazer um preenchimento com um profissional e repeti-lo com outro sem saber o que foi colocado, ou se submeter a aplicação de laser e outros procedimentos sobre os preenchimentos desconhecidos;

Procure o dermatologista ou cirurgião plástico que sejam treinados para esse tipo de procedimento e para tratar possíveis complicações;

Tenha cuidado com preços muito baixos, produtos bons e capacitação profissional têm um custo mais elevado.

Mariangela Resende San Giacomo  – Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Botucatu – UNESP

Residência Médica em Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Estética pela Faculdade de  Medicina de Botucatu – UNESP             

Título de Especialista em Dermatologia pela  Sociedade Brasileira de Dermatologia     

Consultório: Rua Quintino Bocaiúva 1026, Vila Seixas, Ribeirão Preto – SP  | TEL: (16) 32365554 | E-mail: mari_ananete@yahoo.com.br