Toda carreira tem suas dificuldades, imagine só quando falamos em uma carreira nova.

Não existe faculdade ou curso para ser blogueira. A profissão é muitas vezes confundida com a vontade de ser famosa, com egocentrismo e até frescura. Mas a verdade é que se você quer ser blogueira de verdade, tem que aprender a tratar a atividade como uma profissão, como qualquer outra, já que é isso que ela se tornou.

Eu comecei sozinha, sem ajuda de que ninguém. Errei em muitos pontos, confiei demais em algumas pessoas, coloquei alguns pontos na frente de outros, com certeza mais importantes.

Mas, apesar de querer ter feito diferente, não me arrependo. Tenho muito orgulho de tudo o que construi e conquistei até agora. Sempre querendo acertar e com vontade de crescer, sem passar por cima de ninguém, vamos longe sempre. Seja em uma carreira já renomada ou em uma completamente nova.

E apesar das paranóias de algumas pessoas, não acho que seja uma profissão para poucas. Acho que pode ser para quem quiser, para quem tem talento e vontade. Por isso, eu quero somar, quero ajudar e aconselhar, da minha forma, pessoas que queiram ou desejem esse caminho.

Por isso criei essa série de “dicas para blogueiras”, porque quero ajudar mesmo que com meu depoimento pessoas que tenham a mesma dificuldade que eu tive. Lógico que nossos caminhos não serão iguais, mas um aviso ou alerta é sempre bom. Talvez me escutando, você consiga refletir melhor sobre as ações e quais estratégias tomar.

Espero que ajude! Fiz um vídeo muito especial com meus 5 principais erros até agora. Não foram apenas 5, foram milhares, que vou aos poucos consolidar para descrever para vocês, mas esses 5 que destaco agora para mim, são os que mais interferiram no meu “eu”. E de verdade, você pode ter milhões de problemas com o seu NEGÓCIO, esses podem ser corrigidos. Mas se você tiver problemas com o seu “eu”, como o que deseja ser, com o que tem como objetivo, isso sim pode te prejudicar de forma definitiva. Por isso, dei prioridade para os pontos que destaco no vídeo!

E lembrem-se, estou aqui para ajudar no que for preciso e necessário. Meu email está sempre aberto para conversarmos.

Beijos!