Ela é bem famosa, mas muita gente ainda não sabe exatamente pra que serve nem como é feita a drenagem linfática.

É uma técnica de massagem que, além de super gostosa, estimula o sistema linfático melhorando a circulação, diminuindo o inchaço, eliminando toxinas e oxigenando a pele. Ela ainda minimiza os sintomas da TPM, melhora a recuperação pós cirúrgica, alivia aquela sensação de pernas cansadas e pesadas no final do dia, alivia câimbras e previne a celulite.

Para entender a drenagem linfática é importante conhecer um pouquinho sobre o sistema linfático:

  • O sistema linfático é responsável por carregar todas as substancias que escapam dos vasos sanguíneos e ficam acumulados entre as células do nosso corpo, causando inchaço.
  • Ele é importante para nossa imunidade, pois pelos vasos linfáticos também passam microorganismos, como vírus e bactérias. Por este motivo ao longo desse sistema temos os linfonodos, que são repletos de células de defesa que vão combater esses microorganismos e impedir que continuem circulando pelo nosso corpo.
  • Diferente do sistema circulatório, que tem o coração bombeando sangue rapidamente, o sistema linfático funciona de uma forma bem lenta pois não tem um órgão específico para faze-lo circular. O fluxo é estimulado por contrações musculares, gravidade, o movimento dos vasos sanguíneos que estão próximos…
  • A drenagem linfática serve justamente para aumentar esse ritmo, fazendo com que os capilares absorvam mais rapidamente o líquido e as toxinas que ficaram ali encharcando as nossas células, e os carreguem de volta à circulação e posteriormente aos rins, onde serão filtrados e descartados em forma de urina.

drenagem-celulite

Uma das principais causas da celulite é a retenção de líquidos, portanto, a drenagem linfática é uma grande aliada na prevenção e tratamento do efeito “casca de laranja”, podendo ser associada à outras técnicas com equipamentos eletroterapeuticos.

Quem pretende fazer uma cirurgia, pode se beneficiar muito dos efeitos da drenagem no pré e pós operatório. Algumas sessões de drenagem antes ajudam a desintoxicar o organismo preparando o terreno para a cirurgia e, no pós, estimula uma melhor cicatrização dos tecidos e uma recuperação mais rápida, com menos edema.

A drenagem linfática pode ser realizada de duas formas: manual ou com aparelhos. Sendo que a técnica manual é a que tem melhores resultados.

A drenagem linfática é dolorida?

Os capilares linfáticos, que vão reabsorver os líquidos que ficam entre as células, são bem delicados. Então a drenagem só funciona quando é feita de uma forma lenta e bem suave, ou seja, não deixa hematomas. Se a drenagem doer, está sendo feita de forma incorreta.

O que acontece é que, às vezes, a drenagem é confundida com a massagem modeladora, uma massagem vigorosa que visa o tratamento da gordura localizada. Mas são duas técnicas bem diferentes, tanto no jeito de fazer, quanto no objetivo.

A drenagem linfática emagrece?

Não, ela não tem poder de destruir a gordura. O que acontece é que por diminuir a retenção de líquidos, podemos diminuir medidas depois das sessões, mas é só isso que eliminamos: água.

Com que frequência devo fazer a drenagem?

Pode ser feita de uma a três vezes na semana e não tem prazo de validade, já que quando paramos de fazer, infelizmente, voltamos a reter líquidos. Então ela é uma amiga pra vida inteira.

Gestantes podem fazer drenagem linfática?

Sim, após o terceiro mês as gravidinhas também podem encontrar na drenagem linfática uma grande aliada para amenizar o inchaço característico da gestação. Peça a liberação do seu médico e procure uma profissional de confiança pra cuidar de você nesse momento especial!

drenagem-linfatica-gravida

Há contraindicações?

Pessoas com problemas vasculares, como hipertensão, trombose ou insuficiência cardíaca não devem fazer a drenagem linfática.  Pessoas com tumores ou suspeita de tumores e com infecções também devem evitar a técnica, pois não queremos espalhar a infecção nem células cancerígenas pelo corpo, certo?!

Posso fazer sozinha em casa?

Existem muitas receitinhas por aí que ensinam as mais mirabolantes técnicas de auto drenagem, porém dificilmente você vai alcançar um bom resultado sozinha. Já vi gente ensinando a fazer drenagem com pires, com desentupidor de pia e com rolo de macarrão… E isso é tão bizarro quanto errado.

Lembre-se que as esteticistas, fisioterapeutas e massoterapeutas estudaram bastante para conhecer bem o corpo humano e proporcionar a você o melhor resultado possível.

 A drenagem linfática é cheia de benefícios desde que seja feita da forma correta. Por garantia, procure uma profissional qualificada e apenas relaxe!

Super beijo e até a próxima #DicaDaEsteticista!

____________

contato@talisteiner.com.br
facebook.com/talisteiner