Vi esse truque na internet e fiquei doida para testar. E olha que nem sou do tipo que gosta desses truques caseiros.

Prefiro quase sempre comprar o produto pronto, que resolva meu problema. Sou desse tipo…mais prática, ou preguiçosa, rs.

Mas achei esse truque sensacional, ou pelo menos curioso demais para não testar.

O segredo do desse truque é o seguinte: cores se anulam quando são misturadas. Simples assim. É o mesmo princípio dos corretivos coloridos, o mesmo princípio do cabelo amarelo com pigmento roxo.

Então, não adianta pegar o batom e passar com tudo na cara. O que interessa nele é a cor vermelha.

Os segredos do truque são:

1- Cor vermelha – alaranjada: Quanto mais laranja for seu batom, melhor será. Pois, no final das contas o que cobra a olheira é o tom coral da mistura do vermelho com o corretivo. Batom rosa ou vinho não funcionam.

2- Não use batom líquido ou matte: ele precisa ser CREMOSO para misturar com os outros itens e aderir bem a pele. Se formar uma camada grossa que não incorpora nada, não vai adiantar.

3- Não exagere: Como disse antes, não é a quantidade que faz a diferença e sim o pigmento. E, quanto mais clara for sua pele, mais precisará de corretivo e base. Isso pode fazer com que fique muito pesado, por isso não pese na mão.

Fiz o teste pela PRIMEIRA vez com vocês na câmera. Como vocês podem perceber eu exagerei na hora de descer a cor, agora já me adaptei e estou passando apenas em cima da linha marrom que tenho embaixo dos olhos. Funciona super bem, no meu caso.

Quanto mais escura for sua pele, e quanto mais verde for sua olheira, melhores as chances do truque funcionar. Se sua olheira for muito azulada, talvez esse não seja o truque ideal para você.

Ah, lembrando que batom não foi feito para ser passado embaixo dos olhos, esse pode ser um risco…

Mas, dá o play no vídeo para ver os resultados e me contem quando testarem. Funcionou?